by
Nicole Torres
15
06
de
April
September
de
2019
2019

Uma ideia não vale nada sem uma boa execução e muita resiliência

Uma ideia é o começo de uma jornada, mas são as ações tomadas a partir dela que determinam o seu sucesso!A seguir, vou discorrer mais sobre o assunto, pontuando sobre como o contexto e as ações dos empreendedores são fundamentais para que uma boa ideia realmente tenha valor.

Considere as suas limitações e o seu contexto antes de executar uma ideiaToda ideia, boa ou ruim, precisa ser colocada no papel, planejada e depois posta em ação para provar o seu valor. Você quer um exemplo?A Uber existe há mais de 10 anos e, quando começou, não era a grande startup que é hoje. Quando fundado, o aplicativo servia apenas para oferecer caronas no caminho do trabalho ou da faculdade para as pessoas que iam na mesma direção.Depois transformou-se em um aplicativo premium para chamar carros blacks, no qual você poderia ter a experiência do motorista abrir a porta para você, utilizar carros mais chiques, servir água, disponibilizar balas, etc.Talvez, no começo, os fundadores da Uber imaginassem chegar onde chegaram, mas o que realmente fez a diferença na trajetória foi a visão de sanar uma necessidade pontual, dentro da realidade e das possibilidades oferecidas em seu meio.Quando você encontra uma ideia e acredita no seu sucesso, não basta apenas colocá-la no papel e executá-la, é necessário também analisar o contexto e planejar os próximos passos. Tenha convicção daquilo que você pretende fazer, mas também esteja sempre pronto para agir e seguir diferentes caminhos conforme as demandas exigidas e oportunidades oferecidas pelo meio.Mantenha a sua convicção, mas saiba quando adaptar seus planos

Dizem que, quando temos uma ideia e começamos a colocá-la em ação, sentimos uma grande motivação, principalmente quando as coisas começam dando certo.Porém, é no momento que surgem as adversidades e a falta de motivação que precisamos de determinação para lembrar do valor de nossa ideia e o porquê de acreditarmos nela desde o princípio.Quando apostamos em algo, precisamos entender que o conceito certamente passará por mudanças e que é necessário resiliência para aceitar as novas convicções - e, principalmente, contar com a ajuda de outras pessoas para alcançar o sucesso desejado. O Spotify já tem mais de 10 anos de mercado. Como conseguiu atingir essa marca? No início, era apenas uma plataforma P2P que permitia o download de músicas de outros usuários online. Se hoje a startup virou uma das maiores redes de streaming do mundo, é porque seus planos e ações se adaptaram ao longo do tempo, compreendendo os novos anseios dos consumidores e as novas possibilidades que a tecnologia poderia agregar ao funcionamento do negócio.  E o Airbnb, conhecem a história?A empresa surgiu da necessidade de três amigos que precisavam pagar o aluguel do apartamento que moravam e não tinham dinheiro. Aproveitaram que na cidade teria uma conferência e os hotéis estavam lotados para disponibilizar espaços dentro do próprio apartamento para locação. Naquela mesma noite desenvolveram a primeira versão do site.Streaming? Netflix? Completando seus 20 anos em 2019, a Netflix surge em 1999 com um serviço de assinatura mensal que oferecia locação ilimitada de DVD's. Conforme o cliente devolvia os discos, a empresa enviava outros. Quase dez anos depois, em 2007, a Netflix lança seu serviço de streaming. Em 2013 começa sua produção de conteúdo original, chegando em 2016 com 75 milhões de assinantes. Não fique paradoAlém de todos os exemplos mencionados no artigo, ainda é possível citar dezenas de negócios que começaram debaixo e hoje são referência em sua área, como o iFood, Gympass, Crowd, entre muitos outros. Claro que nem toda boa ideia é capaz de atingir o patamar de inovação dessas grandes empresas, mas sua capacidade de reconhecer o contexto, determinar ações e adaptá-las conforme o meio as tornam excelentes exemplos de como o conhecimento, o embasamento e, principalmente, a determinação são capazes de nos guiar rumo ao sucesso! Gostou de mais esse artigo? Tem algo a acrescentar em nossa discussão? Então deixe o seu comentário.

O
VOLTAR
CONVERSE ONLINE COM UM CONSULTOrCadastre-se