by
Crowd
10
de
October
de
2019

Qual a diferença entre Logo e Branding?

Definir a identidade da marca é fundamental para qualquer empresa que deseja se posicionar de maneira eficiente no mercado. 

É por meio dos padrões com que determinado negócio é representado que as pessoas entendem o perfil e percebem os principais valores da empresa. 

Ter a identidade da marca bem estabelecida, portanto, é indispensável na comunicação!

Nesse cenário, os conceitos de logotipo e branding são centrais, pois determinam, respectivamente, a representação gráfica de determinada marca e todos os seus padrões de posicionamento. 

A seguir, entenda a diferença entre essas ferramentas e como elas se complementam. 

Entenda o que é logotipo 

De forma resumida, podemos dizer que logotipo é a imagem que representa tudo aquilo que a empresa é.

O logo precisa reunir o máximo de conceitos e informações sobre determinado negócio para que seja possível demonstrá-lo de maneira gráfica.

Sendo assim, suas cores, formas, elementos e estilo precisam levar em consideração uma série de fatores, como o histórico da empresa no mercado, perfil institucional, principais características do público-alvo, entre outros.

Com base em conceitos de psicologia das cores, semiótica, composição e design, esses elementos precisam ganhar forma em um conjunto único, que literalmente será “a cara” do negócio.

O resultado deve ser uma proposta visual que consiga comunicar a razão de ser da instituição, garanta destaque dentre seus concorrentes, seja agradável em termos de design e funcional para os mais diversos tipos de aplicações em mídias.  

Pode-se dizer que o trabalho de desenvolvimento de logotipo é, ao mesmo tempo, uma arte e uma ciência, posto que exige extrema inspiração e criatividade, além de levar diversos aspectos mercadológicos e comportamentais em consideração! 

Descubra o que é branding e o que lhe diferencia do logotipo 

Por mais indispensável que um bom logotipo seja, ele não é o único responsável pela comunicação da marca. Na verdade, ele é apenas um dos elementos que compõem a sua identidade. 

Se levarmos em conta todos os pontos de comunicação que a empresa pode ter com o público, inúmeros canais podem ser citados.

Para garantir que a comunicação entre os veículos seja coerente e potencialize a sua percepção perante os consumidores, é necessário seguir um padrão entre as cores utilizadas, a linguagem adotada, tom de voz, padrões gráficos, entre outros, que definam a personalidade da marca. 

Todo o trabalho que define as melhores escolhas para esses padrões e os aplica nos diferentes pontos de contato de uma marca é chamado de branding!

Ele, em poucas palavras, caracteriza-se como o trabalho de pesquisa e criação em que todo o perfil da marca é construído e transmitido ao mercado nos meios de comunicação, seja no discurso, posicionamento ou identidade visual. 

O logotipo é apenas um dos resultados de todo o desenvolvimento do processo de branding. 

Inclusive, pode até ser feito sem o trabalho de gestão de marca, mas é somente por meio dela que ambos branding e logo estarão integralmente alinhados ao restante da comunicação e realmente serão efetivos quanto aos seus conceitos. 

Confira esses conceitos na prática

Para que os conceitos abordados até aqui fiquem mais claros, vamos refletir sobre a composição do logotipo e sobre alguns aspectos de branding de uma das marcas mais famosas do mundo: a Coca-Cola. 

A característica cor vermelha, que aguça nossos desejos ligados ao paladar, e a fluidez presente em sua tipografia, que representa o produto em si, são os principais elementos de seu logotipo. No entanto, a comunicação da marca não para por aí.

Tudo começa nas próprias garrafas, que possuem formato exclusivo para o produto. Em muitas campanhas, apenas sua silhueta é representada – o que já é o bastante para que o público reconheça a empresa!

Mais que trabalhar o sabor, o frescor e o desejo de uma boa Coca-Cola, todo o branding é desenvolvido com o intuito de associar o produto às coisas boas da vida. 

Por meio de frases como “O lado Coca-Cola da vida” ou “Abra a felicidade”, a identificação com o público é alcançada não apenas por valores mercadológicos, mas pela conexão através de valores como alegria, união, amizade e felicidade. 

O trabalho de branding e criação do logotipo fazem parte do desenvolvimento da marca. Sua empresa já utiliza esses conceitos para gerir a comunicação? Quer saber ainda mais sobre o assunto? Então continue acompanhando nosso conteúdo exclusivo. 





O
VOLTAR
CONVERSE ONLINE COM UM CONSULTOrCadastre-se